Mittwoch, 25. Juni 2008

Forró do Vento


Anastácia Azevedo

Anastácia é Cantora e Compositora. Brasileira, residente em Berlim desde 1990. Ingressou em 1985 no curso de música na Universidade Estadual do Ceará (UECE) Fortaleza-Brasil, de 1991 à 1996, concluiu canto na Escola Superior de Música Hanns-Eisler Berlim, com ênfase na música popular e no jazz.

No final da década de oitenta, ela e o Guitarrista Zé Eugênio, parceiro na composições, arranjos e atuações artisticas, escolheram Berlim para morar e inspirar-se nas vivências especiais dessa cidade. Com rítmos do nordeste do Brasil, eles desenvolvem um trabalho onde vibra progressiva Música Popular Brasileira e retrata Berlim, como portal de uma nova vanguarda das artes. Eles juntam as raizes tradicionais e populares com as tendências contemporâneas do Funk e Jazz.

Anastácia apresentou-se em vários locais em Fortaleza e pelo Ceará, entre outros: Centro Dragão do Mar, Teatro José de Alencar e Centro Cultural Banco do Nordeste. Na Alemanha, participou de festivais como: MASALA-Weltbeat-Festival em Hannover - TOHUwaBOHU Festival em Berlim, Micro-Festival em Dortmund, Alemanha.

Anastácia vem divulgando com êxito o seu disco de estréia Lumerê Lumerá gravado em 1999 pela Produtora Piranha Musik e apoiado pelo Instituto Cultural Brasileiro na Alemanha (ICBRA), em Berlim. As músicas do CD da Anastàcia são executadas frequentemente na Rádio MultiKulti-Berlim, SWR Rádio International-Stuttgart e também foi considerado CD da semana na WDR-Rádio5-Funkhaus-Europa em Kolônia, na Alemanha.

Para Anastácia, o disco "é uma simbologia que representa um nascer, um acontecer. Trata-se da criação de uma estória. É o tema em que se baseia o fato de Lumerê narrar, no contexto de sua universalidade, a história da música, e particularmente da música popular brasileira. As composições retratam as relações da formação do Brasil, das misturas culturais de que resultaram o samba, o maracatu, o bai&atildeo, todos os rítmos do nordeste do pais".

Ao lado do Duo com Zé Eugênio, Anastácia trabalha também com banda e experimenta diferentes rítmos. Ela canta nos seus textos sobre o amor, a natureza, a alegria da vida e momentos vivenciados em Berlim. "Sou uma artista que se serve dos sons, da música, como um véiculo para traduzir e transmitir minhas emoções e minha espiritualidade". Inspirada pela vasta expressão musical de seu país, Anastácia cativa o público com o seu estílo próprio de interpretar as canções. A suavidade lírica e energia rítmica misturadas a uma autêntica força vocal revela o caráter da sua voz e do seu talento.

Discografia:

"Lumeré Lumerá", Anastácia & Banda, 1999 - Piranha Musik, Berlin

"Amanaiara", Anastácia & Zé Eugenio & Banda, 2005 - Piranha Musik, Berlin

Clip: Forró do Vento, de Katharina La Henges/Ras Adauto

video

Keine Kommentare: